Monthly Archives: Abril 2012

Girl crush: Charlize Theron

Padrão

Fotografada para a Vanity Fair por Terry Richardson

Anúncios

Acessórios felinos

Padrão

Bichanos bonitos para os nossos pés!

São adoráveis, não são? Apesar de ser uma dog person, não tenho nada contra gatos e acho estas “chanatas” simplesmente fantásticas. Lembram-se deste post? Alexa Chung é uma das fãs dos sapatos bichano, e usou-os para dar um twist original à sua indumentária no último desfile de Valentino, em Paris. Mas, de quem são?

Alexa Chung e os seus gatinhos

O nome a registar é Charlotte Olympia Dellal. Metade brasileira, metade inglesa, a designer lançou a sua linha em 2006, portanto não é propriamente uma novata. É, em 2012, a mulher do momento, com as suas sandálias a serem usadas para editoriais em quase todas as revistas de moda que conhecemos.

Altas como palmeiras

Inspirada nos ambientes tropicais – o ADN não engana – e com um toque de glamour dos anos 70, as sandálias compensadas e as clutches transparentes são peças ideais para criar novos looks a partir dos clássicos que temos no armário.

Até já!

Aren’t they cute? I’m more of a dog person, but I would wear these kitties anytime! Alexa Chung is certainly a fan. The name to remember is Charlotte Olympia, the half brazilian, half british designer, who’s accessories are seen everywhere in 2012. The tropical influences and 70’s glamour are strong in her collection, and prove ideal for a closet revamp.

Neon trend

Padrão

Créditos: 1 – harpersbazaar.com; 2 e 3 – marieclaire.com

Olympia e os livros

Padrão

Poemas, telemóvel, chaves: cabe lá tudo!

A minha bisavó chamava-se Olímpia, e eu sempre achei o nome feio. Não feio de “horroroso” mas feio de “pesado”: quem é que chama Olímpia, com todo o peso histórico da palavra, a uma bebé de dias? Enfim… Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades, e de uma forma estranha, os nomes em inglês também soam melhor. Assim, quando ouvi falar de Olympia Le Tan – e das suas clutches fantásticas – nem estranhei. Nascida em Inglaterra, criada em Paris e com uma passagem pela Chanel, esta designer lançou-se em nome próprio em 2009 e já teve as suas criações na Vogue Francesa e Japonesa, na Elle e muitas outras publicações de moda e style. Num espírito DIY, bordados manualmente e feitos de feltro, estes objectos de edições muito limitadas têm o formato de vários clássicos da literatura, de Emily Dickinson (na imagem) a Kafka. Já várias celebridades foram vistas com a sua clutch literária na mão, e nem o seu preço (€1.140) as assusta. Mas se há itens que podemos colecionar, desde que haja money, porque não?

Até já!

My great grandmothers’ name was Olimpia, but I never liked it. In english, however, sounds a lot better. Olympia Le Tan is an accessories designer who’s handbags – in the shape of books – are everywhere. If you can afford to collect them, why not?

Festival Vogue 2012 – e não estou a falar de música…

Padrão

Uma editora da Vogue e a sua própria capa

Depois de muito planeamento, finalmente a Vogue lançou o seu festival anual – em Abril – que teve lugar em Londres, nos espaços da London’s Royal Geographical Society. Começou na passada sexta-feira, dia 20, e incluiu painéis sobre a importância do tapete vermelho, com Rachel Zoe (a stylist/designer), as mulheres e a comida, com Nigela Lawson, customização (vários designers brincaram com uma sweatshirt básica, transformando-a), a carreira de modelo (com Lily Cole, Natalia Vodianova e Eva Herzigova) e muitos outros assuntos. Convidados especiais como Tom Ford e Diane von Fustenberg deram palestras e responderam às perguntas do público e de um conjunto de bloggers com a sua posição cimentada como opinion makers no ramo. Stella McCartney foi entrevistada pela amiga Kate Hudson (que usa óculos!). Houve também espaço para alguns dos fotógrafos que colaboram regularmente com a revista apresentarem exemplos do seu trabalho.

Batons, batons, batons...

A equipa de maquilhagem da Armani partilhou os seus truques com o público – e tinham um red lipstick bar com todos os tons possíveis! A dupla Domenico Dolce e Stefano Gabanna partilharam algumas das suas histórias com a equipa editorial da Vogue. Todos os presentes puderam tirar uma foto (maquilhagem e acessórios Chanel incluídos) como se posassem para a capa da Vogue (arghhhhh, porque é que eu não fui?). Enfim, foi um daqueles eventos em que tínhamos de lá estar. Apesar de ser um evento aberto ao público, as entradas foram limitadas e os mais sortudos puderam mesmo conversar com os seus ídolos. Ai, Tom Ford…

Até já!

After a lot of planning, Vogue launched their annual festival, in London, with a plethora of activities: discussion panels, interviews, make-up lessons (with a red lipstick bar) and a personal Vogue cover shoot. Not kidding! The public had an opportunity to talk to Tom Ford, Stella McCartney and Dianne Fustenberg, among others. Wishing I was there…