Monthly Archives: Junho 2015

It’s THAT time of the year!

Padrão
Marysia, no Net-a-Porter

Marysia, no Net-a-Porter

Swim-suit season.

As palavras mais medonhas que Deus inventou para as mulheres depois dos 30. Ok, pronto: para todas as mulheres com mais do que 1Kg de rabo. E se disserem que não, estão a mentir. Ainda que tenha sido por 5 minutos, todas as mulheres já se sentiram inseguras em frente ao espelho, de bikini.

Fatos-de-banho: a nossa relação amor-ódio.

Chega o mês de Maio e somos bombardeadas com as mensagens publicitárias do costume: perca peso, pele casca de laranja nunca mais, combata a celulite, veja-se livre da flacidez para sempre. Promessas, promessas e mais promessas. E nós dizemos: “Desta vez é que é! Vou fechar a boca, dizer adeus aos bolos e comer toneladas de alface”. Boas resoluções que só pecam por tardias e mal orientadas – devia ser todo o ano sem excessos, e a pensar na saúde, e não na balança. E que – já se vê – nunca são cumpridas. Por isso, chega a praia e os maridos desesperam com o exacerbar da velha canção “Não tenho nada para vestir”, aplicada aos bikinis que “não se usam”, com estrofes como “olha para a minha barriga”, “que susto de rabo, meu deus” e “este ano não ponho os pés na piscina”. Enfim… Exageros próprios de gente sensível.

Mas…

Que manda tudo às ortigas quando surge o primeiro fim-de-semana com temperaturas acima dos 30. Coxas? Um páreo e o assunto arruma-se. Barriga? Usa-se uma túnica. Nada, nem mesmo a ameaça de celulite a espreitar se consegue interpor entre uma portuguesa e os seus banhos de sol. 🙂

Read the rest of this entry