Maxi

Padrão

chloé backstage

Podia ser o Super (gelado), ou o Pereira (futebol), mas o título vem a propósito de vestidos, e este Verão estou pronta para os enfrentar. Quer isto dizer que vou largar os meus calções de ganga e as jeans brancas? Na-na-nim-na-não. Mas vou expandir o guarda-roupa (para onde, senhoras, se já não tenho espaço?) para novos – e maiores – comprimentos.

chloé the love magazine

Depois das saias midi, os vestidos a arrastar pelo chão – ou quase. Em fevereiro passado vi as primeiras imagens da nova coleção da Chloé e apaixonei-me pelas musselinas multicolores e esvoaçantes. Não são lindas? Numa onda revivalista do “California cool” da década de 70, mesmo a pedir calor, verão e festivais…

Fiquei com as imagens na cabeça, e assim que “aterraram” no Net-a-Porter fui espreitar, só naquela. 10 ordenados mínimos por um vestido não é propriamente uma pechincha, mas a semente ficou, e fui alimentá-la com outras versões igualmente apetitosas, de ombros desnudos… mas também caras. Quando a carteira não colabora, o que acontece? Viramo-nos para os sítios do costume. A Zara ainda não embarcou na onda de calor total, e por isso não tinha grandes alternativas; já a Mango foi muito mais generosa, como podem verificar.

E sim, a minha nova cor preferida é o tangerina. Só que calor, esse, nem vê-lo! 😦

Até já!

Anúncios

Diga de sua justiça...

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s