Category Archives: Regras do closet

Menores de 20

Padrão

Este slideshow necessita de JavaScript.

Ora digam lá: estavam com saudades de uma boa pechincha, não estavam? Como eu sou uma mãos largas, e amiga do seu amigo, fiz por estes dias um apanhado de itens clássicos que qualquer fashionista tem de ter no seu guarda-roupa, e que se podem encontrar nas montras das lojas por estes dias. Todos os itens custam menos de 20 euros (yeah!), e são todos da Zara (what else?). Desde o sapatinho neutro para todas as ocasiões (também há em preto, ao mesmo preço), à saia lápis ou à camisa branca, não há desculpa para não ter – ou refazer – as bases do nosso guarda-roupa, com estilo e de forma económica. E não se esqueçam: se comprarem on-line, e mandarem entregar numa loja, os portes são grátis e têm mais hipóteses de encontrar o vosso número. Boa?

Até já!

Anúncios

Fatiotas de serviço

Padrão

Este slideshow necessita de JavaScript.

Sempre me considerei uma rapariga de sorte por não ter dress codes demasiado rígidos nos meus locais de trabalho. Se, por um lado, os profissionais das áreas artísticas usam a forma de vestir descontraída – e até excêntrica – como cartão de visita, na vertente da formação e ensino há que manter um pouco mais de sobriedade e decoro: um professor é sempre um exemplo, certo? Esta regra não é, porém, universal: conheço colegas do ensino que se vestem como se fossem apresentar um espetáculo de circo – versão palhaço pobre – mas também produtores de teatro e televisão que se vestem de forma muito cuidada, au point, como se fossem trabalhar num ministério qualquer. Ele há de tudo! Quando pensamos em profissões mais viradas para o escritório, pensamos nos clássicos saia-casaco ou calça-casaco – se quiserem ser finas, chamem-lhe tailleurs! – mas a fórmula não se esgota por aí, como já vos dei conta em algumas ocasiões. Mas como os bons exemplos nunca são demais, ficam algumas sugestões dos senhores que são mestres na arte do bem-vestir, à inglesa: LK Bennett. Muito ativa em termos de redes sociais, todas as semanas a marca faz sugestões de looks para as suas clientes, dá novidades sobre peças que vão chegando às lojas – eles também vendem online – e promovem uma sessão de esclarecimentos com os seus stylists, todas as sextas-feiras, na página do FB. Para além de terem peças sóbrias, elegantes e versáteis, primam pela qualidade dos detalhes e pelos pormenores que dão “aquele” toque especial a qualquer coordenado. E  claro, as fotos da Duquesa de Cambridge não podiam faltar no seu (já grande) álbum de recortes! Para ficarem a par de todas as novidades, é só fazer “Like”!

Até já!

E por falar em sapatos…

Padrão

Jenna Lyons e os seus “preciosos”!

Quem disse que a arrumação para sapatos tem de ser encafuada atrás da porta, caixas e debaixo da cama? Para quem não tem espaço, pois sim, que remédio!, mas se tiverem um cantinho que seja, e uma “Billy” do IKEA, podem expor as vossas preciosidades (pantufas e chinelos de praia não vale!) de forma a fazerem parte da decoração, quase artística. Dicas úteis: nas prateleiras, juntem os pares alternando salto e biqueira (tal como os pares da imagem), o que vos vai permitir ganhar espaço. As botas de cano alto devem ser guardadas na vertical, com uma revista enrolada dentro, para que mantenham o seu formato e não criem pregas. Os sapatos que usam com menos frequência, e querem preservar, podem ser guardados dentro das respectivas caixas, no exterior das quais devem colar uma foto dos ditos, para mais facilmente os poderem detetar. Em alternativa, a IKEA (a nossa melhor amiga na arrumação) tem caixas de sapatos que permitem ver o seu interior, e são fáceis de empilhar. Ter um kit de graxa/polimento por perto também ajuda a sair de casa impecável…

Vejam o exemplo de Jenna Lyons, a designer da J.Crew, que transformou o quarto ao lado do seu em closet – que até tem lareira, um luxo em Nova Iorque – e decidiu expor todos os seus sapatos, botas, sandálias, you name it, em prateleiras abertas. A razão? Essencialmente por uma questão prática: são mais fáceis de detetar e assim organizar o coordenado, logo de manhã, o que se revele essencial para uma mom on the go como ela. Mas conheço mais exemplos de fashionistas que exibem os seus sapatos com orgulho (a Kim é uma delas). Porque não experimentar também?

Até já!

Crédito: Vogue.com

Top 10 de Outono (parte V)

Padrão

Para terminar a série do Top 10 de Outono (anteriores edições aqui, aqui, aqui e aqui), os amigos da Shopbop.com decidiram dar-nos duas sugestões em como coordenar o vestido com outras peças básicas: a ideia aqui é usar a sobreposição como regra, e mudar o look de casual – com botas – para mais sofisticado – com pumps – usando a mesma estrutura – a camisa por debaixo do vestido.

Se o tecido desta última peça não for demasiado pesado e quente, pode até fazer a rotação completa das estações: sozinho no verão, sobreposto no inverno. Afinal, em tempos de crise, as fashionistas inteligentes rentabilizam ao máximo o guarda-roupa, certo?

Até já!

Créditos: Shopbop.com

Top 10 de Outono (IV)

Padrão

Ora então tinham saudades do nosso Top 10 de Outono (edições anteriores aqui, aqui e aqui) cortesia Shopbop? Não desesperem mais: ele ainda vos vai dar mais dois bons momentos de pura moda prática – exactamente como nós gostamos! Desta vez, coordenamos a saia de duas formas diferentes, com blusa ou pullover, mas dêem especial atenção à peça que escolhem, porque as saias estão a crescer em popularidade e convém fazer um bom investimento logo à partida.

Atenção: não confundir esta saia com as básicas pretas/cinzenta/castanha ou creme lisas, que fazem conjunto com respectivo blazer básico. Um bocadinho de brilho ou de enfeite não faz mal nenhum – até se agradece – porque funciona para o dia e para a noite, e dá um pouco de “tcharam” ao coordenado. Got it?

Até já!

Crédito: Shopbop.com